Planilha de Gastos: pessoal, familiar, diária e mensal

Venha entender sobre planilha de gastos, a ferramenta mais eficaz para adquirir uma vida financeira mais equilibrada

planilha-de-gastos
Planilha de gastos

Uma das melhores ferramentas que você pode usar ao seu favor para conseguir ter uma vida financeira mais equilibrada é a Planilha de Gastos. Com uma planilha de gastos você será capaz de organizar melhor o seu orçamento, mapear todos os seus gastos e saber o que pode e o que não pode gastar. Por mais que seja muito chato fazer isso, pode apostar, é algo extremamente necessário e que precisa ser feito.

No artigo de hoje vamos te ensinar elementos básicos sobre o assunto, que já serão mais do que o suficiente para que você consiga montar sua própria planilha. Primeiro de tudo, você sabe o que é uma Planilha de Gastos? Uma Planilha de Gastos é uma estrutura utilizada para que seja possível relacionar todos os gastos que você fez ou fará ao longo de um determinado período de tempo.

Não existe uma restrição sobre onde você deve fazer sua planilha ou qual deve ser o período de tempo ao qual será mapeado todos os seus gastos. Entretanto, costuma-se utilizar o Excel para fazer isso, tendo em visto que ele é extremamente fácil de se usar e pode atender perfeitamente as necessidades de uma planilha dessa natureza. Caso não tenha acesso ao Excel, pode usar também a Planilha do Google.

Em relação ao tempo, o ideal é sempre mapear os seus gastos em períodos de 1 mês, já que por convenção social, essa é a medida de tempo que utilizamos para nossos recebimentos. Ou seja, seguindo esse mesmo padrão, tudo irá ficar mais fácil de mapear e controlar seus gastos.

Muita gente até hoje vive perguntando se é realmente importante ter uma Planilha de Gastos. Bem, a resposta é mais do que óbvia, afinal, sem controle é impossível que qualquer tipo de estrutura, empresa ou pessoa possa prosperar. É preciso que haja uma contabilidade, um mapeamento de gastos para que seja possível se planejar minimamente.

Vantagens de ter uma Planilha de Gastos

Planilha de gastos
Planilha de gastos

É preciso entender que ter uma planilha de gastos acaba trazendo muitas vantagens para o seu dia-a-dia. De fato, uma vez que você começa a fazer a sua própria planilha, temos a mais absoluta certeza de que você não vai mais conseguir parar. Em pouco tempo sua vida financeira terá mudado significativamente. A seguir, mostraremos quais são essas vantagens. Veja:

Entender o fluxo do seu dinheiro

A partir do momento em que você cria uma planilha de gastos, acaba sendo possível entender para onde o seu dinheiro está indo. E não adianta dizer que você sabe perfeitamente todos os valores que você gasta mensalmente sem usar nenhum tipo de planilha. Todo mundo fala isso, e todo mundo sabe que isso não é verdade.

No fim das contas, temos certeza de que você já chegou no mês se perguntando onde o seu dinheiro foi parar. Quando começar a utilizar uma planilha você irá perceber onde gastou e também no que irá precisar gastar. Dessa forma, será praticamente impossível que hajam gastos não mapeados. Isso vai fazer com que você sempre tenha dinheiro em mãos, afinal, saberá exatamente o que terá que ser gasto e terá mais disciplina por conta disso, ao menos esperamos que tenha.

Redução de custos. Se você consegue enxergar onde está gastando, também é possível enxergar onde não precisa mais gastar. E não, não estamos querendo que você reduza abruptamente a sua qualidade de vida e pare de viver da maneira que você gosta.

Tudo o que estamos dizendo é que será possível gastar de uma forma mais inteligente uma vez que você é capaz de ver o seu quadro geral de gastos. Assim, você pode sair menos vezes ao longo do mês, buscar uma forma de economizar na gasolina, encontrar uma forma de economizar no aluguel e negociar contas.

Enfim, existem “N” possibilidades que podem ser colocadas em prática e são capazes de proporcionar excelentes resultados. Contudo, para que elas funcionem você terá que se comprometer a mudar seus hábitos de consumo de uma forma geral. Isso está longe de ser fácil, assim como está bem distante de ser impossível. No fim das contas, tudo depende de você. Não adianta de nada ter uma planilha de gastos apenas para ficar olhando para ela. É preciso agir!

Investir mais

Uma forma muito interessante de usar a Planilha de Gastos é justamente combinando ela com seus investimentos. Fazer isso te dará inclusive as condições ideais para conseguir poupar mais sempre. A estratégia é a seguinte: todo final de mês você irá anotar quais serão seus gastos no próximo mês. Depois de fazer isso, irá reservar uma parte dos seus recebimentos para investimentos.

O dinheiro que sobrar deve ser usado para pagar todas suas contas e necessidades mensais. O mais interessante é que você sempre deixe consigo uma quantia bem limitada, talvez até inferior aos seus gastos. Dessa maneira você irá conseguir reduzir seus custos progressivamente. Mas o nosso foco aqui está exclusivamente nos investimentos, certo?

Pois é, então sugerimos que você siga a dica de delimitar na sua planilha de gastos o quanto será investido e então assuma prioridade sobre isso. É importante entender aqui que a planilha não é uma fórmula mágica. Ela apenas servirá para te dar mais informações e clareza sobre os seus próximos passos financeiros.

Atingir metas. Quando você consegue ter uma visão holística dos seus gastos mensais, começa a ser possível organizar melhor para o futuro. Se você tem metas como, comprar uma casa, ganhar mais, comprar um carro, viajar, doar dinheiro, entre outros exemplos do mesmo gênero, pode ter certeza de que a planilha de gastos vai te ajudar.

Isso porque você terá em mãos um instrumento que vai te mostrar de forma clara tudo o que está saindo do seu bolso. A partir daí será necessário apenas definir quanto capital você precisa para realizar suas metas, encaixar isso na sua planilha e então passar tudo isso para a prática!

Planejamento financeiro

A premissa básica da Planilha de Gastos é te proporcionar um excelente planejamento financeiro, que será suficiente para te fazer prosperar rapidamente. Você jamais vai conseguir se organizar caso não use uma planilha efetivamente. Isso é algo super básico.

O mais legal desse processo é que a planilha será o começo e não o final dessa caminhada. Em outras palavras, a planilha fará com que pouco a pouco você desenvolva bons hábitos financeiros e fique cada vez mais caprichoso nisso. Em questão de alguns meses, você irá olhar para trás e se perguntar como conseguia viver sendo tão desorganizado nesse aspecto.

Planilhas de Gastos. Agora iremos mostrar um exemplo básico do que cada tipo de planilha deve conter: a primeiro é a Planilha de Gastos Pessoais. A planilha de Gastos Pessoais deve conter nela algumas informações que iremos elencar:

  • InvestimentosNa sua planilha de gastos pessoais é necessário mapear todos os valores que foram gastos em investimentos.
  • Compra de conhecimento – Você não pode viver sua vida apenas existindo, sem se especializar ou algo do tipo. Existe a necessidade de comprar conhecimento através de cursos e livros, e você deve contabilizar isso.
  • Contas – Todas as contas que você possui devem ser mapeadas na sua planilha de gastos pessoais
  • Lazer – Viver como um robô sem fazer absolutamente nada também não é o objetivo, então se divirta, mas faça isso com organização.

Já a Planilha de Gastos Familiares deve conter: Gastos individuais, como por exemplo: quanto cada membro da família irá gastar neste mês, com o que ele irá gastar. Somente com essa informação você saberá o quanto de dinheiro precisa alocar para os gastos individuais dos membros. Além dos individuais, deve conter os Gastos da casa. Uma casa possui gastos como Aluguel ou IPTU, reformas, contas, investimentos, compras, etc. Tudo isso precisa ser mapeado na sua planilha.

Por fim, além dos gastos individuais e da casa, há os Gastos para sonhos em família. A família irá viajar no final do ano? Existe algum sonho que vocês querem realizar juntos? Não há problema algum com esse tipo de coisa, mas é importante que você tenha isso anotado na sua planilha de gastos.

A terceira planilha é a Planilha de Gastos Diários. Na sua planilha de gastos diários, os seguintes itens devem ser contabilizados: Alimentação. Isto é, você irá gastar alguma coisa com alimentação ao longo da sua semana? É preciso mapear de quanto será esse gasto e também como você pode fazer para diminuí-lo o máximo possível.

Contabiliza-se também o Transporte, que talvez você precisa pegar ônibus ou ir de carro para o trabalho e outros lugares. Tudo bem, isso pode ocorrer, mas você precisa saber exatamente o quanto esse transporte diário está consumindo do seu orçamento geral. E o gasto com Lazer. Mantenha sua planilha atualizada em relação aos seus gastos com lazer.

A quarta é a Planilha de Gastos Mensais. Na sua planilha de gastos mensais, devem estar destacados todos os elementos citados anteriormente. Sim, isso mesmo que você leu. Na sua planilha de gastos mensais é preciso anotar seus gastos pessoais, familiares e diários. Somente dessa forma você terá um controle claro do quanto precisa ganhar mensalmente para pagar suas contas e poder prosperar.

Você está esperando o que? Comece agora mesmo a elaborar a sua planilha e identifique todos os seus gastos mensais! Clique aqui, e leia muito mais sobre o mundo dos negócios e investimentos conosco da Monetizza Brasil.